A SOCIEDADE

A “Cancela, Martins, Martins & Associados – Sociedade de Advogados, RL” “ (“CAMMP”) foi criada por um grupo de advogados, todos eles com um longo período de trabalho conjunto, partilhando de uma sólida e bem rotinada comunhão de procedimentos, a par de uma identidade absoluta quanto ao exercício da profissão, forma de estar no mercado e, mais importante que tudo isso, uma filosofia comum de abordagem dos clientes e de formas de resolução dos seus problemas.

Não pretendemos repetir um sem número de lugares comuns que, regra geral, assumimos muito mais como características e valores expectáveis em qualquer sociedade de advogados, que propriamente como factores diferenciadores.

A CAMMP dispõe de uma equipa motivada, profissional e dinâmica, que pretende ter uma abordagem proactiva e, mais do que ir ao encontro das expectativas dos clientes, procura superá-las. Não concebemos o exercício da advocacia de outra forma que não seja através de um forte empenhamento na busca das melhores soluções para os nossos Clientes – afinal, e em última análise, são eles a razão de ser da nossa existência.

Sabemos que cada Cliente quer ser tratado como “o Cliente”, e não apenas como mais um cliente. Como tal, estamos plenamente conscientes de que só através de uma abordagem fortemente personalizada poderemos ter a ambição de fidelizar os nossos Clientes.

Nada disso é novo para nós, pois todos temos origens profissionais diferenciadas e, como tal, todos conhecemos já diferentes formas de estar no mercado e, também por isso, ao fim destes anos que levamos de trabalho em equipa, sabemos bem o que queremos, o que podemos oferecer e, acima de tudo, o que cada Cliente espera de nós.

Assim, queremos reafirmar que os nossos Clientes conhecem-nos e sabem que, nunca nos arvorando como os melhores em coisa alguma, podem confiar – e confiam – em nós. E, afinal, quem melhor do que eles poderá dar testemunho do nosso valor?

Queremos ser os seus parceiros de confiança e os que estão sempre presentes, com uma solução, quando de nós necessitam.

Por tudo isto, temos entre nós uma expressão que pensamos resumir da forma mais sintética possível esta nossa forma de estar: “Direito ao que interessa!”.

Paula Cancela Miguel Martins Sérgio Martins Joana Teixeira Joana Morgado Maria Constança Fonseca Beatriz Paredes